Blog

A Geometria Sagrada

POR THOMAS SCHRAMLI

Este blog com 8 artigos curtos está apresentando o básico da Geometria Sagrada, para melhor entender as minhas obras.
Todas as ilustrações gráficas são de minha própria criação.

3. O Cubo de Metatron

Os povos antigos trabalharam com os símbolos da Geometria Sagrada e tentaram usá-los para entender as verdades divinas por trás de toda a existência. No judaísmo místico, especialmente na Cabala - uma doutrina mística judaica que procura compreender a essência de Deus e do Universo - o Arcanjo Metatron é o anjo supremo, que regula o fluxo de Energia Divina na forma de um cubo místico, conhecido como o Cubo de Metatron. Metatron supostamente formou este cubo de sua alma. 

O Cubo de Metatron contém todas as formas que existem no universo, que são os blocos com os quais se dá a construção de toda a matéria física, também conhecidos como Sólidos Platônicos. Essas formas tridimensionais aparecem por toda a criação, desde cristais ao DNA. O Cubo de Metatron é o mapa vivo de toda a criação da nossa realidade e nos demonstra a verdade milenar de que toda a vida emerge da mesma origem, do mesmo centro, baseado nos mesmos padrões geométricos, da energia ilimitada do Criador.


O Cubo de Metatron é de fato uma formação tridimensional de esferas iguais. Para simplificar está sendo mostrada aqui a versão bidimensional. O Cubo de Metatron consiste em 13 círculos (azul). Seis círculos iguais são colocados em um padrão hexagonal em torno de um círculo central, com mais seis círculos se estendendo ao longo das mesmas linhas radiais. O centro de cada círculo está sendo conectado com linhas retas (vermelha) com o centro de cada um dos restantes 12 círculos, formando este padrão geométrico simétrico de 39 linhas retas.

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário